Amazon MP3 Clips

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Começando

Estou começando (Lobinho)

MANUAL DE INTEGRAÇÃO - RAMO LOBINHO
 
Este material tem por finalidade apresentar, aos pais ou responsáveis de jovens ingressos no movimento escoteiro, um pouco do programa adotado para o bom adestramento de nossos membros juvenis e proporcionar, aos jovens e adultos responsáveis, a maior e mais rápida adaptação ao novo ambiente que os mesmos farão parte.
 
É muito importante que todos tenham conhecimento deste manual e pedimos aos adultos que o leiam com muita atenção passando aos jovens que ainda não conseguem captar todo o conteúdo do mesmo, devido a pouca idade e pouco tempo de escola, afim de que possamos realizar o trabalho da melhor forma possível, não deixando seu/sua filho3 alheio aos assuntos tratados na seção, já que trabalhamos com sistema de equipes.
 
Pedimos à todos que, não mantenham dúvidas quanto a este manual, procurando os chefes responsáveis pelo adestramento para que todas as dúvidas sejam sanadas de forma rápida e eficaz.
 
Que o jovem tenha acesso a parte do Manual Básico de Adestramento, familiarizando-se com todas as regras, tópicos referentes ao lobismo, aos personagens que farão parte da mística e fantasia que rege o trabalho com jovens nesta faixa etária e muito mais.Toda a chefia da Alcateia Lobo Guará, do Grupo Escoteiro Encanto das Matas, agradece a compreensão de todos e conta com a colaboração de vocês para nos ajudar neste nobre trabalho educacional, cultural, cívico, religioso e, principalmente, de ajuda ao próximo.

 
O LOBISMO
 
"Um ponto essencial é manter o Lobismo tão diferente, quanto o possível do Escotismo, de forma que o lobinho tenha desejo de chegar a ser escoteiro quando estiver na idade adequada. Um menino que está crescendo anseia por mudanças e variedade, e se o Escotismo não é mais que um passo adicional do Lobismo, se cansaria dele. Ele quer encontrar novas práticas e novas idéias quando se tornar um escoteiro".
 
Baden-Powell
 
No inicio de escotismo, as tropas não tinham diferenças de idade, variando com crianças de 9 à 18 anos, entretanto os meninos menores também queriam participar do movimento junto com os irmãos mais velhos.Algumas tentativas de incluírem estas crianças menores foram desastrosas, porque não conseguiam acompanhar as atividades feitas pelos escoteiros.
 
BP estava tomando muito cuidado, para que não pensassem que fazia diferença entre eles, mas também não queria formar um jardim de infância. O nosso primeiro chefe de lobos foi o reverendo A R Brow, que defendia o ingresso destes pequenos no escotismo. BP gostaria que o ramo do escotismo tivesse suas próprias características e em 1913 Percy W. Everet apresentou a BP um projeto intitulado: Regras para escoteiros menores. Decidiram que seriam chamados de Lobinhos, pois seriam adestrados, conforme regras do escotismo, ganhariam saudação própria, um emblema em forma de cabeça de lobo e a promessa simples de tentar fazer o melhor possível para a faixa etária deles.
 
Durante a primeira guerra mundial, os jovens foram servir o exército e as mulheres ocuparam o lugar dos jovens no adestramento dos lobos. Entre estas mulheres estava a Srta. Vera Barclay. Esta recebeu um convite especial de BP, para que trabalhasse junto aos lobinhos. Na verdade ela se interessava somente por escoteiros, mas resolveu aceitar o tão nobre convite. Não demorou muito para que os lobinhos a conquistassem. Ela colaborou com a organização do manual do lobinho, bem diferente do ramo escoteiro.
 
O Livro da “Jungle”
 
O livro da jungle de Rudyard Kipling foipublicado em 1904, e BP pediu a seu autor a permissão para usar o seu livro no lobismo. Kipling que era simpatizante do escotismo e pai de um escoteiro, deu sua permissão imediatamente.
 
O uso deste livro trouxe para os meninos a imaginação, o divertimento e o interesse pela fantasia que os lobinhos precisavam.
 
Este manual escrito por BP pode ser usado até hoje, pois como diria BP:"nós ensinamos pequenas coisas brincando, as quais poderão eventualmente fazerem grandes coisas á sério"
 
O marco da fundação do ramo lobinho pode ser tomada na publicação do manual do lobinho em 02 de dezembro de 1916.
 
O movimento escoteiro e o lobismo cresceu tanto, que foi criado o titulo de Akelá-lider, que autorizava este a dar curso para outros interessados.Nas filipinas o símbolo não é um lobo, é um gamo. No Japão é um filhote de urso. Nos Estados Unidos são chamados de Tigre, Lobos, Ursos e Webelos dependendo de sua idade. O uniforme também é diferente em alguns países, dependendo do clima local. Por exemplo: No canada usam gorro de lã, na índia usam turbante, etc. 
 
A ALCATEIA
 
Na alcateia, onde temos crianças entre 6 ANOS E MEIO e 11 anos, trabalhamos seis áreas de desenvolvimento que poderão ajudar os lobinhos e lobinhas em sua formação e no seu desenvolvimento pessoal. Estas seis áreas são trabalhadas pelos escotistas baseada no livro da Jungle de Rudyard Kipling, que serve como fundo de cena e como exemplo para todos os lobinhos e lobinhas. E um livro que conta a famosa historia de Mowgli, o menino lobo e seus amigos animais. Um livro de muita riqueza e de grandes exemplos, o qual resumimos a seguir.
 
ÁREAS DE DESENVOLVIMENTO
 
1 - ARÉA DE DESENVOLVIMENTO - FÍSICO
 
PERSONAGEM QUE USAMOS - BAGHEERA (A PANTERA NEGRA)
 
Como Bagheera é urna pantera, muito ágil, que cuida muito bem do corpo com alimentos corretos e exercícios físicos, é ela que usamos como exemplo para ensinarmos a importância de cuidar muito bem do nosso corpo. Quando trabalhamos com Bagheera, o objetivo é que os lobinhos aprendam avaliar os riscos de brincadeiras perigosas, que conheçamos seus limites, a alimentação correta, para que servem seus órgãos principais, higiene pessoal, saber administrar o tempo, a praticar esportes e muito mais.
 
2 - AREÁ DE DESENVOLVIMENTO - INTELECTUAL
 
PERSONAGEM QUE USAMOS - KAA (A COBRA PITON)
 
Como Kaa é uma grande e esperta cobra amiga de Mowgli, capaz de bolar os mais mirabolantes planos para salvar Mowgli, é ela que usamos como exemplo para o desenvolvimento intelectual dos lobinhos. Ao trabalharmos com esta personagem, nosso objetivo é fazer com que as crianças leiam mais, gostem de trabalhos manuais, artesanatos, etc e que pesquisem e descubram coisas novas que estimulem sua criatividade, que sejam mais desinibidos que saibam expor através de palavras o que sentem.
 
3 - ÁREA DE DESENVOLVIMENTO - CARÁTER
 
PERSONAGEM USADO - BALOO (O URSO)
 
Sendo Baloo responsável pela educação de Mowgli na jungle (floresta), é este o personagem que usamos para desenvolver o bom caráter dos lobinhos. É Baloo quem ensinava as leis para os lobinhos (conforme leis dos lobinhos), ensina que todos temos defeitos mas devemos supera -los através de metas e da importância da responsabilidade, de não mentir, de ter bom humor, de ficar feliz com a felicidade dos outros amiguinhos, e da importância de nossas boas ações diárias( conforme a promessa dos lobinhos).
 
4 - AREA DE DESENVOLVIMENTO - AFETIVO
 
PERSONAGEM USADO - RIKKI-TIKKI-TAVI (O MANGUSTO)
 

Mesmo não sendo Rikki um personagem do livro da jungle, também é um livro do mesmo autor.E a história de um mangusto que encontra um menino e se torna seu melhor amigo, sendo fiel à ele, salvando-o de muitos perigos. Este exemplo nos mostra a importância da fidelidade, amor e carinho entre os amigos. Nosso objetivo é que os lobinhos mostrem suas emoções e trabalhem seus afetos, que consigam falar sobre o que sentem, sejam cada vez mais amigos, que estejam dispostos a ajudar, que não façam diferença entre meninos      e      meninas,      pretos      e      brancos,      ricos      e      pobres,      etc.
 
5  - ÁREA DE DESENVOLVIMENTO - SOCIAL
PERSONAGEM USADO - KOTICK (A FOCA BRANCA)
Mesmo caso do Rikki, outro livro do mesmo autor. Conta a história de uma foquinha que não se conformou de ver seu povo sendo assassinado por caçadores e resolveu procurar outro lugar mais seguro para morar. Mostra a preocupação que devemos ter com pessoas mais necessitadas, a importância de lutar por nossos sonhos.Nosso objetivo é que eles conheçam seus direitos e deveres, que escolham seus representantes (primos - representantes de sua equipe nas atividades da alcateia) por democracia, que saibam respeitar as leis e regras, que participem de campanhas, que conheçam as principais repartições públicas e seus telefones, gostem da cultura de seu país, estado e municipio, respeitem e conheçam a bandeira e seu hino nacional.
6  - ÁREA DE DESENVOLVIMENTO - ESPIRITUAL
PERSONAGEM USADO - FRANCISCO DE ASSIS
Para trabalharmos a área espiritual usamos um personagem real, Francisco de Assis (para os católicos São Francisco, pois acreditam ser um santo), mas na alcateia trabalhos como simplesmente Francisco de Assis, um homem que serviu de exemplo como prova de seu amor por Deus, quando se despiu de todas os seus bens materiais para servir ao próximo. Nosso objetivo é que os lobinhos aprendam a reconhecer a natureza como obra de Deus, a importância das boas ações, de ter uma religião a seguir, de participar com sua família nas orações, que percebam que as pessoas que vivem de acordo com uma religião são boas e mais felizes e que todas as pessoas podem ser boas independente de sua religião, mesmo sendo diferente da sua.
INDEPENDENTE DESTAS SEIS ÁREAS AINDA TRABALHAMOS TUDO QUE ESTEJA LIGADO A ESCOTISMO, CONFORME OS ITENS ABAIXO E QUE A CRIANÇA APRENDERÁ COM A PRÁTICA DO DIA-A-DIA.
* Historia do escotismo e seu fundador
* Nós, amarras e pioneirias
* Canções, danças e esquetes escoteiras
* Acampamentos, acantonamentos
* Especialidades (explicações anexas)
* Bandeiras, hinos, brasões, etc.
A COR DA ALCATEIA
Tudo que esteja ligado a alcateia tem a cor amarela. Bandeira, camisetas, etc.

OS NOMES DAS ALCATEIAS

  • A FLOR VERMELHA
E quando em acampamentos ou isoladamente fazemos uma fogueira à noite e em volta dela as crianças brincam, cantam e dançam. Ela é chamada de Flor Vermelha por causa da história de Mowgli que, vivendo na Jungle com os lobos, achava que na aldeia dos homens durante a noite nascia uma flor vermelha, que na verdade era uma fogueira.
  • WAINGUNGA
Nome do rio que corta a floresta, cenário das aventuras de Mowgli.

O GRANDE UIVO
E uma cerimônia que os lobos participam no começo e no final de cada atividade. Nesta cerimônia os lobos se reconhecem como iguais e renovam sua promessa de fazer sempre o melhor possível. A chefe da seção (Akelá) comanda esta cerimônia e deseja Boa Caçada no inicio das atividades (que a atividade seja legal e sem perigos) e Caça Livre no final da atividade (que estão dispensados para retornarem às suas casas).

SISTEMA DE EQUIPES
Trabalhamos na alcateia com sistema de equipes, o que proporciona trabalharmos com menores números de crianças, para um melhor aproveitamento e para que eles saibam trabalhar em grupo. Estas equipes são chamadas de "Matilhas".
Em nosso grupo temos as matilhas, amarela, vermelha, branca e preta. Essas cores são referentes as diferentes cores que os lobos apresentam por todo o mundo. Estas matilhas são compostas por no máximo seis crianças, visando o aproveitamento e segurança de cada um. Cada matilha tem seu representante máximo, que é chamado de "Primo" e é escolhido por seus amigos por meio de eleição, aprendendo assim a exercer a democracia.

OS ESCOTISTAS (CHEFIA)
Qualquer pessoas pode ser tornar CHEFE DE SEÇÃO,   mas todos deverão ser   pessoas confiáveis, conhecidas e apresentadas por pessoas idôneas. Em nosso grupo a maioria da chefia são de pais e mães que conheceram o escotismo através de seus filhos e aderiram ao grupo. Essas pessoas devem ter noções de responsabilidade, saber brincar, ter paciência e bom humor. Não ser autoritário, apenas ser uma criança na pele de um adulto.

ROCA DE CONSELHO
E uma reunião especial, onde toda a alcateia se reúne para discutir assuntos importantes. Participam todos os lobinhos e a chefia. Na roca de conselho são tratados assuntos como eleição de novos primos, despedida de lobinhos que vão embora ou passam para o ramo escoteiro quando fazem 11 anos, escolha de novas atividades, avaliação de nossas atividades, entre tantos outros assuntos. Todos devem estar devidamente uniformizados.
Esta atividade serve para que os lobinhos vejam a importância deles nas decisões da alcateia.

A LEI DO LOBINHO
São 5 leis que os lobinhos devem saber e cumprir, ou melhor, vivenciá-las nos seu dia-a-dia.
1- O LOBINHO OUVE SEMPRE OS VELHOS LOBOS
2- O LOBINHO PENSA PRIMEIRO NOS OUTROS
3- O LOBINHO ABRE OS OLHOS E OS OUVIDOS
4- O LOBINHO É LIMPO E ESTÁ SEMPRE ALEGRE
5- O LOBINHO DIZ SEMPRE A VERDADE.

A PROMESSA DO LOBINHO
A promessa do lobinho é feita quando ele já está a algum tempo na alcateia e se sinta preparado para assumir um compromisso de responsabilidade com o grupo e consigo mesmo. A promessa é feita numa cerimônia especial e individual. E um dia muito especial para os lobinhos. Neste dia ele terá que saber a sua promessa.
"PROMETO FAZER O MELHOR POSSÍVEL
PARA CUMPRIR MEUS DEVERES
PARA COM DEUS E MINHA PÁTRIA
OBEDECER A LEI DO LOBINHO
E FAZER DIARIAMENTE UMA BOA AÇÃO."

NOSSO LEMA
Todas as seções do grupo tem um lema, que devemos seguir e honrar.
O lema dos lobinhos é "MELHOR POSSÍVEL!" Sempre que dizemos melhor possível o fazemos juntamente com o sinal do lobinho, isto significa que cada lobinho deve se esforçar para sempre fazer tudo, em sua vida, da melhor forma possível, para que cada dia melhore mais.

SINAL DO LOBINHO
Os dois dedos abertos lembram as orelhas do lobo, simbolizando que o jovem deve estar sempre atento a tudo o que acontece. Significa também que o maior protege o menor e mesmo os mais distantes se encontram no escotismo
A "Saudação" é usada   para saudar a bandeira, cumprimentar outros lobinhos e a chefia. Faz - se o sinal com a mão direita, levando os dedos abertos a tocar a testa. Já o sinal de lobinho é usado apenas na cerimônia de promessa. Faz - se o sinal montando os dedos como na saudação mas, não se leva a mão na testa, apenas devemos fazer como ilustração ao lado.

O Aperto de Mão
Os escoteiros se cumprimentam com a mão esquerda, devido a uma passagem da vida de B.P.
B.P. estendeu a mão direita para um chefe indígena e, estranhou quando o mesmo lhe estendeu a mão esquerda dizendo: Aqui os grandes guerreiros se cumprimentam com a mão esquerda, largando o escudo, deixando clara sua confiança que depositam no outro, mesmo que este seja seu adversário. Entre nós, os guerreiros são homens de honra e os homens honrados são sempre leais. No Brasil, separamos o dedo mínimo ao cumprimentar outro escoteiro, formando o sinal escoteiro.

NOSSA ORAÇÃO
Todas as seções têm sua oração, a da alcateia e muito simples e fácil para que todos os lobinhos saibam, mas nada impede que cada lobinho faça sua oração pessoal quando o quiser.
MENINO JESUS ENSINA-ME A SER HUMILDE E BONDOSO
A SEGUIR SEU EXEMPLO A TE AMAR COM TODO O MEU CORAÇÃO
E A SEGUIR O SEU CAMINHO QUE ME LEVARÁ JUNTO A TI

AS ETAPAS DE PROGRESSÃO
Quando o lobinho entra para a alcateia, passado o seu período de adaptação e estando este devidamente uniformizado, ele receberá o seu distintivo de etapa de progressão, conforme sua idade e seu desenvolvimento. O trabalho é realizado em duas etapas distintas - Infância Média e Infância Tardia. As etapas de progressão são dividas em quatro módulos, sendo observado sempre o lado da fantasia da criança. Usamos, por tanto, fases da vida de um lobinho (o animal), desde seu nascimento até sua fase adulta.
PATA-TENRA - Quando o lobinho ingressa-se na alcateia por volta dos 7 anos de idade e começa a trabalhar seus objetivos na infância média
SALTADOR - Quando esta por volta de 8 anos e já atingiu uma determinada porcentagem dos objetivos da infância média.
RASTREADOR - Quando o lobinho está por volta de 9 anos e atingiu todos os seus objetivos da infância média.
CAÇADOR - Quando o lobinho está por volta de 10 anos e atingiu pelo menos a metade de seus objetivos da infância tardia.
Observação: nada impede que um criança de x anos seja um lobo caçador ou o contrário, depende do seu desenvolvimento pessoal ser melhor ou pior que o sugerido pelo programa.

COMO ESTAS ATIVIDADES SÃO APLICADAS
Convenhamos se sentássemos com crianças de 7 ou 8 anos e ficássemos falando sobre tudo isso não sobraria nenhuma criança na alcateia, pois, a atividade ficaria monótona, então, como aplicar tudo isso? Tudo isto fazemos através de jogos, brincadeiras, canções, na qual a criança vai assimilando a tudo o que lhe é passado. Sem que ela perceba, avaliamos um pouco de organização, liderança, respeito,a avaliar os perigos, saber dividir, saber elogiar, saber a ganhar e, principalmente, saber perder.

AS ESPECIALIDADES
As especialidades são conhecimentos que os lobinhos adquirem fora ou dentro do movimento escoteiro. Elas complementam a progressão pessoal e estimulam os lobinhos a aprenderem coisas novas. São inúmeras especialidades que os lobinhos podem adquirir, e todo o montante das especialidades se encontram em um manual de posse da chefia, na qual os pais e, as próprias crianças, deverão buscar as que melhor lhes convier, ou seja, especializar a criança naquilo que realmente lhe será útil no dia-a-dia e não somente para se ter um distintivo a mais na manga da camisa. Especialidades são melhorias contínuas de vida e não sinal de Status. As Especialidades estão divididas em Ramos de Conhecimento, ou seja, conforme as áreas em que se enquadram cada uma das especialidades. Abaixo você encontra um detalhamento sobre cada um dos ramos existentes.
  • Ramo Ciência & Tecnologia - Inclui todos os assuntos de natureza científica ou tecnológica, e cobre temas que vão desde a agricultura até a cibernética. A esfera armilar e o microscópio representam este Ramo de Conhecimentos.
  • Cultura - O Livro Aberto e a Palheta do pintor foram escolhidos para representar o Ramo de Conhecimentos da Cultura. Este Ramo envolve as manifestações artísticas e outras relacionadas com os mais variados aspectos da natureza cultural.
  • Desportos - O Ramo DESPORTOS relaciona-se ao interesse do homem pelas atividades físicas que ajudam a preservar a saúde, a melhorar a qualidade de vida e a superar a si mesmo. Para representar os DESPORTOS, foram escolhidos os Aros Olímpicos e a Taça Jules Rimet, que o Brasil conquistou em caráter definitivo ao se tornar, em 1970, o primeiro tri-campeão de futebol.
  • Serviços - O Ramo SERVIÇOS envolve as especialidades que se voltam, por excelência, para a prestação de um serviço de qualquer natureza ao nosso semelhante, em todos os campos da atividade humana, incluindo a saúde, a religião, as tarefas de natureza doméstica ou comunitária e outras formas de servir. A Cruz e a Pá de Pedreiro representam o Ramo dos Conhecimentos dos SERVIÇOS.
  • Habilidades Escoteiras - O Ramo HABILIDADES ESCOTEIRAS relaciona-se mais diretamente com as habilidades requeridas para a vida ao ar livre e que os participantes do Movimento Escoteiro devem ser estimulados a desenvolver, em seu próprio proveito e no interesse da Seção que integram. O nó de escota duplo representa as HABILIDADES ESCOTEIRAS.

Estas especialidades são alguns exemplos de muitas especialidades que existem, são individuais e podem estar em um dos grupos existentes. As especialidades são as mesmas para os lobinhos, escoteiros e sêniores, diferenciando apenas na cor e no grau de dificuldade, sendo: Grau 1 parea Lobinho; Grau 2 para Escoteiro e Grau 3 para Sênior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário