Amazon MP3 Clips

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

PROCESSOS DO CRUZEIRO DO SUL

Processos de Cruzeiro do Sul

Proposta de concessão: documento assinado pelo diretor presidente da UEL encaminhando o processo. Sem este documento o processo não tem validade.

Ficha 120: ficha individual do jovem extraida do Sigue, no formato PDF. Deve estar completa e atualizada. Todas as demais informações deste processo devem estar de acordo com ela. Na vida escoteira deve conter todas as atividades desenvolvidas pelo jovem, principalmente as de caráter obrigatório.

Fotografia: solicita-se uma fotografia recente do jovem, uniformizado, sorrindo, em fundo nêutro, formato 3x4 e boa resolução. Ela será usada para exibição em Galeria de Honra.

Especialidades: para todas as especialidades conquistadas ao longo da vida escoteira do jovem. Pedem-se data, nível e certificado (frente e verso, se houver).

Início no ramo: data de ingresso no Movimento.

Promessa de Lobinho: data e certificado.

Experiência escoteira: informar número de noites acampadas pelo jovem enquanto estava no ramo (mínimo de 3 noites). Contabilizam-se noites acampadas e acantonadas. Todas devem estar explicitamente relacionados na Ficha 120 (discriminar atividades como "acampamento") e os certificados deverão ser disponibilizados.

Caminho das Estrelas: data e certificado da Etapa de Progressão de Lobinho Caçador. Pedem-se também as datas das demais etapas da Progressão Pessoal.

Insígnia de Interesse Especial: data, certificado da IIE conquistada pelo jovem, entre IMMA, Boa Ação, Lusofonia e Cone Sul. Pede-se também uma descrição, preferencialmente escrita pelo jovem, de como foi essa conquista.

Recomendações ao Cruzeiro do Sul: emitidas pela Roca de Conselho e Equipe de Escotistas.

Perguntas: no formulário também constam algumas perguntas de interesse da Equipe de Programa. A resposta é opcional e não influenciará na análise do processo.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário